Não devemos subestimar o próximo

A capacidade que as pessoas têm de se sentir no direito de julgar, criticar, denegrir é impressionante. O que não falta no mundo são problemas. E desanimador ligar a TV no horário do telejornalismo. São tantas notícias ruins que fica desgastante.

Naturalmente, no decorrer da vida, enquanto uns perdem tempo falando dos outros, aquele que está sendo ofendido segue trabalhando, produzindo, acreditando no seu potencial e na sua Vitória. Uma das piores coisas é conviver com pessoas falsas que agem pelas costas com a intenção de atingir inocentes.

Deixo uma simples pergunta: o que você ganha falando emergindo o próximo? Infelizmente isso acontece na gestão empresarial e em qualquer lugar do mundo. Convivo com gestores que não sabem lidar com as pessoas. É chocante ver um líder humilhar um colaborador, subestimar homens que estão na posição de liderança, em outras palavras, são despreparados. Quando um líder age dessa maneira, prejudica a empresa, os colaboradores, os clientes e assim é capaz de levar o negócio a falência.

Entendo que não existe segurança no mundo dos negócios. Presenciei empresários que vendiam milhões e hoje estão vendendo tostões e vice versa. Quando não sabe lidar com as pessoas, o dinheiro muda de mão. Todas as vezes que você trabalha errado o seu concorrente agradece. Um colaborador que se sente maltratado não vai se doar com o intuito de fazer a empresa crescer.

Precisamos mobilizar os gestores para atender os clientes com excelência e tratar os colaboradores com dignidade. O colaborador que está sendo subestimado hoje pode ser o grande empresário daqui a dez anos. A empresa que é focada no bem estar dos colaboradores aumenta as chances de fazer o negócio crescer.

“QUEM SABE FAZER ALGO MUITO BEM SEMPRE TERÁ EMPREGO. QUEM SABE O POR QUÊ QUE DETERMINADA COISA PRECISA SER FEITA, SEMPRE SERÁ CHEFE DE QUEM SÓ SABE FAZER MUITO BEM” GITOMER

Esse tipo de comportamento negativo não é aceito pelos clientes. Espero contribuir com meus artigos para despertar que estamos lidando com pessoas e ao invés de críticas e gritos, o colaborador precisa de atenção, paciência e parceria. Nesse momento, por algum motivo, pessoas estão migrando para a área de vendas, os empresários estão em busca de profissionais competentes que conseguem transmitir segurança e credibilidade aos clientes. Não subestime a área de vendas, estude e estude muito, vendedores são autoconfiantes e otimistas. Em 2010, quando comecei a escrever o meu primeiro livro, Impulso Empreendedor, fui subestimado por várias pessoas, principalmente por alguns familiares. No entanto, consegui escrever em sete anos, quatro livros.

Esses exemplares estão ajudando empresários e vendedores. Continuo escrevendo e com a permissão de Deus, pretendo escrever muito mais. Nesse momento estou organizando o lançamento do meu quarto livro, o Mega. Criei um método de vendas e, a pedido de uma editora executiva, transformei este método no livro Mega.

Não subestime os métodos e técnicas de autores experientes. Use-as como ferramentas para vender mais. Normalmente os métodos são construídos pela experiência de vida na área de vendas. Nada substitui o dia a dia na prática comercial. Não Tenho dúvida de que você já presenciou, em algum lugar, o comportamento negativo de um líder falando mal ou pegando pesado com um colaborador.

“Que a inspiração chegue não depende de mim. A única coisa que posso fazer é garantir que ela me encontre trabalhando”, Pablo Picasso.

Enquanto alguns estavam me subestimando, continuo trabalhando duro nos meus projetos. Não podemos perder as esperanças. Com o meu trabalho ajudo vendedores a fazer progresso nas vendas. Tem gente que acredita na capacidade dos outros tendo dúvida da sua própria capacidade. Acreditei no meu projeto literário, aprendi que é preciso dar um passo de cada vez, que temos de fazer aquilo que conseguimos dar conta. Com certeza se você desejar algo de verdade, vai atingir o seu alvo.

www.geambrito.com.br

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA